Reino da Escuridão Eterna – Parte V

Tudo parecia nefasto demais. A entrada para aquele túnel escavado improvisadamente na casa do Burgomestre não trazia bom agouro aos aventureiros, parados ali, de frente para a descida rumo ao desconhecido. A escuridão sem som algum não ajudava a melhorar os ânimos, e um leve calafrio percorreu a espinha dos heróis, arrepiando os pelos da nuca momentaneamente. O sinal de perigo era claro. O cenário desolador havia culminado naquele momento lúgubre, principalmente depois de o grupo ter compreendido que cada memória empregada nas ilusões por toda a cidade não passava

20/11/17