Nostalgia: Shadowrun

O que dizer dessa arte de Larry Elmore? Foi em algum momento entre 1996 e 1997 que tive meu primeiro contato com Shadowrun. “É um mistura entre D&D e Cyberpunk”- foi como um amigo meu, apresentou o jogo. Torci o nariz e peguei o livro para ler. Fiquei instantaneamente apaixonado pelo cenário, pela calamidade dos eventos, pela gênese daquele mundo tão único e evocativo. Shadowrun veio na fatídica onda de lançamentos que os saudosistas (como eu, confesso) chamam de a “Era de Ouro do RPG”. Marquês Saraiva, Ediouro, Abril Jovem, Devir,

LEIA MAIS