Astolfo contra o dragão

Por Tanna-Toh, eu juro que o relato que segue é a mais autêntica verdade, apesar das passagens aparentemente fantasiosas. Por mais inverossímil que vos possa parecer, trata-se de uma obra de veracidade da memória que aqui transcrevo sob a bênção de Anilatir, minha musa.Benévolo de Ralandar**- De que se trata a missão mesmo, meu jovem? – perguntou meu acompanhante, Astolfo, o Bravo, famoso herói. Na verdade, era eu, como bardo, quem o acompanhava para que pudesse cantar sua esplêndida vitória mais tarde.- O de sempre, meu senhor: um dragão recentemente

10/03/19