A Noite do Cão Negro - Uma lenda aterrorizante das Ilhas Britânicas

Um vento forte soprava através do pântano e o ocasional ribombar dos trovões podia ser ouvido à distância. A tempestade não ia demorar a cair. Aquela não era uma boa noite para andar sozinho, mas Jack havia ficado tempo demais no pub e tinha que voltar para sua fazenda. Cedendo às suas superstições, ele decidiu tomar a estrada principal ignorando os atalhos que conhecia com a palma de sua mão. Melhor não arriscar cair em um charco ou afundar num lodaçal.Uma ventania especialmente forte soprou e quase o derrubou no chão.

18/06/2017